Essa é a história de como a vida me fez negligenciar uma das maiores paixões que eu tinha... Eu adorava desenhar. Eu fui uma criança que vivia desenhando pokémons, os personagens de Dragon Ball Z e tudo que desse vontade. Assim como minha mãe, nunca fiz curso, mas a gente nasceu com algo (talento? não sei bem o que é...), e, basta um olhar, que a gente já rabisca o desenho que está vendo. Eu lembro que, quando criança, temia bastante a tão famosa pergunta: "o que você vai Leia mais [...]