Reading Time: 3 minutes

Maysa, não era o que seus pais queriam, mas, Parabéns! Em um mundo com tantas expectativas sociais, você nos ensinou a seguir o coração...

Recentemente, viralizou na internet uma foto de uma formanda em jornalismo, onde os pais levaram uma faixa com o dizer: "Maysa, não era o que nós queríamos, mas formou".

Eles queriam que ela formasse em Direito e ela optou por Jornalismo.

Seguiu o coração dela...

Fiquei pensando quantas Maysa's estão por ai...

Poucas, eu acredito.

São pouquíssimos aqueles, que, mesmo os pais não querendo algo, seguem em frente.

Às vezes, não são nem os pais. Às vezes, são os amigos, os avós, os comerciais, a mídia.

"Faça tal curso. Dá dinheiro!!"

"Você vai fazer curso X? Ixe, vai ser pobre!!"

E será que é realmente isso que importa para você?!

O coração é o melhor GPS, mas tem muitos ruídos vindo de fora. É difícil demais seguir o coração com tanta interferência externa.

Chegar em casa e dizer que eu ia fazer Engenharia Química,  não foi tão aceitável.

Minha vó dizia: "Oh minha filha, por que você não faz Direito?"

Minha mãe me perguntava: "Luisa, que curso é esse?!"

Eu não tinha noção nenhuma do que era Engenharia Química, mas eu amava química, física e matemática. Eu sabia que, de alguma forma, as Exatas faziam sentido para mim. Ouvi meu coração.

Fez sentido.

A jornada na Engenharia Química não foi fácil. Me perguntei várias vezes se não deveria ter ouvido os conselhos de minha vó ou de minha mãe. Mas tudo se conectou, para me mostrar que o passo que eu decidi tomar era o melhor que poderia ter acontecido. Afinal de contas, eu não entendia bem o que eu estava fazendo aos 16 anos, mas eu estava fazendo aquilo que fazia sentido para mim. E isso que realmente importa.

Hoje, já estou formada, atuando na indústria e, ainda assim, de vez em quando, minha mãe me envia links de concursos públicos. A intenção dela é boa, mas não se conecta comigo. Ser concursada, ter uma estabilidade, foi uma escolha da vida dela. Não faz parte da minha. Sempre existirão projeções daqueles que nos amam sobre nós. Faz parte da natureza cuidadora deles. Deixar isso se concretizar (ou não) na nossa vida, é escolha nossa.

"Mas Ana, como tomar uma decisão dessa sem decepcionar aqueles que eu amo?"

Eu acredito que pensei pouco nisso. Eu tomei a minha decisão, expliquei as minhas razões e mostrei convicção no que estava fazendo. Deixei bem explícito que o passo que eu estava dando fazia sentido para mim.

E, para descobrir o quão certeiro está sendo seu passo e conectado com você, é importante se aprofundar no autoconhecimento. Reconhecer seu chamado aqui na Terra, seus valores e entender seus objetivos.

Para isso, você pode procurar serviços de coaching ou adquirir livros como o "Business Model You".

Conheça a si mesmo e tenha a determinação de ser você.

A coragem de ser eu e de seguir meu coração foi o que me guiou nessa jornada da minha escolha profissional. E sabe o que eu aprendi?

Quem te ama de verdade, pode até hesitar no início, achar que você está fazendo uma grande besteira, mas, a longo prazo, vai apoiar sua decisão.

E, mais, vai torcer com e por você, que nem os pais da Maysa.

Mesmo com uma faixa super sincera dessa, eles estão felizes e acho que passando a mensagem de que "não planejamos isso, mas você nos provou que era o queria e venceu". Foi o que interpretei dessa foto!

Maysa, pode até não ser o que seus pais queriam, mas, Parabéns! Em um mundo com tantas expectativas sociais, você nos ensinou a seguir o coração...

Não liga para faixas e os ruídos externos. Faça melhor:

Se conheça e Siga seu coração...

Gratidão!


QUERO IR ALÉM NA ENGENHARIA!

The following two tabs change content below.
Ana Luisa Almeida
Aprendiz da vida e da engenharia. Idealizadora do Projeto "O que aprendi na Engenharia". Jovem Ponte, Engenheira Química formada pela UFBA, atuando como Engenheira Trainee na Kordsa Brasil. Nascida para espalhar sorrisos e gratidão ao redor do mundo, com o Coração sempre no ritmo #GoGoGo.

Comments

comments

Gostou desse texto?

Se você quiser receber mais textos como esse, cadastre seu email abaixo! 

Nosso conteúdo é gratuito e feito com muito amor!

Pronto! A partir de agora você estará sempre conectado(a) com nosso conteúdo! Gratidão!